Share

vacina

Avanço Notável: Cobertura Básica de Saúde no Rio Alcança Impressionantes 70%

Na sexta-feira (19), o município do Rio de Janeiro celebrou a retomada significativa da cobertura de saúde básica, atingindo notáveis 70% da população por meio da Atenção Primária à Saúde. Essa conquista foi possível com a incorporação de 218 médicos destinados à Saúde da Família, vinculados ao Programa Mais Médicos do governo federal.

Ressurgimento após Desafios Anteriores

A marca de 70%, alcançada pela primeira vez em 2016, representa um retorno notável, especialmente considerando o período desafiador entre 2017 e 2020, quando a atenção primária caiu para 46%. A reestruturação da rede municipal, implementada desde 2021, tem sido fundamental para reconquistar esse patamar.

Compromisso Social na Saúde Pública

Durante a cerimônia de boas-vindas aos novos profissionais no Palácio da Cidade, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, destacou que esses médicos irão atuar nas zonas oeste, norte e favelas da capital, reforçando o compromisso com a saúde da população mais carente. “Quem precisa de saúde pública é quem não tem como pagar plano de saúde ou hospital particular, ou seja, a população mais pobre da cidade”, afirmou o prefeito.

Perspectivas Futuras com Reforço no Quadro Médico

A ministra da Saúde, Nísia Trindade, anunciou que mais 100 médicos se integrarão ao programa em março no Rio de Janeiro. Ela ressaltou a importância da Saúde da Família no apoio às emergências climáticas e sanitárias, destacando que esses são os grandes desafios contemporâneos.

Ênfase na Atenção Primária para Soluções Abrangentes

O secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, enfatizou que 80% dos problemas de saúde podem ser resolvidos na atenção primária. Ele destacou áreas como pré-natal, cuidados a hipertensos e diabéticos, além do atendimento a crianças no primeiro ano de vida. “A base de um sistema universal sólido é ter uma atenção primária forte. Realizamos quase 11 milhões de consultas por ano”, afirmou Soranz.

A consolidação desse avanço reforça o compromisso do Rio de Janeiro em fortalecer a base da saúde pública, proporcionando cuidados essenciais à população e construindo uma fundação sólida para um sistema de saúde universal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *